• Me…

  • Tags

  • RSS Meus Twittes

    • Ocorreu um erro. É provável que o feed esteja indisponível. Tente mais tarde.
  • Meus Posts

  • últimos comentários

    Cris Maranhão em Inserindo Bibliografia no…
    Waldísio Araújo em juntando vários arquivos html…
    wiglot em Lyx: Latex para as massas
    Gil em Lyx: Latex para as massas
    wiglot em Inserindo Bibliografia no…
  • Anúncios

Coragem ruidosa

O silencio incomoda. Gera ansiedade e angustia. Toda concentração vai embora para um que atende pelo nome de medo. O medo trava.

Busco uma música para acabar com isso. Coloco meus fones e me distraio. Tento fazer algo que eu posso considerar útil quando do futuro olhar pra trás, mas o medo continua lá.

A ansiedade aumenta e então percebo que não coloquei nenhuma música para tocar. O que eu quero ouvir? talvez algo pesado para acabar com esse silêncio. Não estou gostando dela, é muito alta e rápida, está tirando minha concentração. Talvez se eu ver um vídeo sobre como funciona um motor me acalme.

Funcionou mas preciso fazer algo, talvez se eu ouvir essas outras músicas aqui… que música bonita. Ela é triste e forte. Eu sinto a dor nela. Ela fala de um senhor que transborda felicidade mas que ainda sofre com a morte de seu cachorro e que dança e mendiga uns trocados para beber. Mas como ele dança, caralho! Tenho vontade de dançar. Vontade de levantar e dançar, mas só choro um pouco e a música termina.

Por que isso? por que essa tristeza toda? Não sei, acho que isso tá muito enterrado e não consigo ver a origem. Vou ouvir essas outras aqui. Mas música triste? gostei desse palhaço triste. A voz dele é legal e as músicas são quase sempre tristes. A ansiedade dele transborda pelos movimentos rápidos das mãos. Eu noto e copio, talvez eu consiga tirar um pouco da minha ansiedade e jogar fora.

Queria ouvir outra coisa, mas o que? o que eu gosto de ouvir? não tenho vontade de ouvir coisas antigas, mas queria conhecer músicas novas. Talvez essa aqui. Ela é legal, mas ou presto atenção nela ou tento fazer meu trabalho. Vou tentar trabalhar.

O tempo passa e muita gente passa na minha volta sem eu perceber ninguém. Pessoas falam comigo e eu não sei o que eu respondi. Já se passaram 2 horas, talvez se eu tomar um café, mas isso vai me deixar ainda mais ansioso. Preciso sair daqui. Vou inventar alguma coisa tipo pegar comida ou pegar uma água. Não sinto vontade de voltar pra sala, na verdade sinto vontade de sentar aqui no corredor mesmo. Só sentar sem fazer nada, mas só de pensar isso volta o pensamento: preciso fazer algo.

Fui no banheiro, fiquei lá um pouco pensando em como veio a esse ponto (continuo sem saber a resposta) e agora estou de volta no meu computador. estou a uns minutos olhando pra tela em busca de forças para fazer meu trabalho. Qualquer erro me fazer desistir e jogar tudo pra cima. Não quero mais ficar aqui, quero ir pra casa mas não posso por que tenho horas para cumprir. Vou tentar o youtube de novo, talvez tenha um vídeo novo. Nada novo, tudo repetido, tudo mais do mesmo. Queria conseguir conversar com as pessoas, mas não consigo. Tudo está tão de difícil de fazer ultimamente, mesmo as cosias mais simples como mandar uma mensagem ou uma piada que eu vi… não entendo isso…

Às vezes a vontade de atirar tudo pra cima, de sumir desse planeta, de sair correndo e chorando alto na rua. Mas eu sei que nunca faria isso por que não é sumir, não é desistir. É apenas tirar essa angustia que aperta meu peito. É ter coragem de ser feliz, mesmo no silencio.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: